|
A+ / A-

Saúde

Infarmed autoriza compra do medicamento mais caro do mundo para a bebé Matilde

18 jul, 2019 - 17:13 • Filomena Barros com redação

O Zolgensma será administrado ainda a outra criança também no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

A+ / A-

O Infarmed autorizou a compra e administração do Zolgensma, considerado o medicamento mais caro do mundo, à bebé Matilde e a um outro bebé, ambos aos cuidados do Hospital Santa Maria, em Lisboa.

A notícia foi confirmada à Renascença pela própria Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde esta quinta-feira. A fonte do Infarmed diz que esta é uma "autorização de utilização excecional" e que será aquela unidade hospitalar a comprar o medicamento.

A decisão de comprar o medicamento, para já apenas aprovado nos Estados Unidos, foi tomada na semana passada. Cada dose de Zolgensma custa cerca de dois milhões de euros e o valor total vai ser suportado pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A bebé Matilde nasceu com atrofia espinhal muscular tipo I e esteve internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, tendo tido alta esta quinta-feira.

[Em atualização]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.