A+ / A-

Trump diz a congressistas para voltarem para os seus países "corruptos e infestados de crimes"

14 jul, 2019 - 22:08 • Redação com Lusa

Presidente norte-americano "twittou" comentários xenófobos contra quatro mulheres congressistas, três das quais nasceram nos Estados Unidos.
A+ / A-

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou, este domingo, um grupo de congressistas democratas que nasceram nos Estados Unidos para voltarem para os seus países de origem, que disse serem "corruptos e lugares infestados de crimes".

É "muito interessante ver congressistas democratas, progressistas, que originalmente vêm de países cujos governos são uma catástrofe total e completa, os piores, os mais corruptos e ineptos do mundo (se é que funcionaram como governos), dizerem em voz alta e agressivamente para o povo dos Estados Unidos, a nação maior e mais poderosa do mundo, como o nosso governo deve ser gerido", escreveu Trump na rede social Twitter.

Embora não tenha mencionado nomes, Trump parecia estar a referir-se a um grupo de mulheres conhecido como "o esquadrão", que tem sido muito crítico do presidente e também da atual liderança democrata da Câmara, nomeadamente Alexandria Ocasio-Cortez, Ayanna Pressley, Ilhan Omar e Rashida Tlaib.

Ocasio-Cortez, Tlaib e Pressley nasceram nos Estados Unidos. Pressley é afro-americana, Cortez tem origem porto-riquenha e Tlaib tem origem palestiniana, enquanto Omar nasceu em Mogadiscio e chegou a território norte-americano como refugiada.

Nos seus 'tweets', Trump questionou o motivo por que as congressistas não regressavam ao seus países "e os ajudam a melhorar os locais dos crimes, completamente infestados".

"Depois voltam e mostram como é que fizeram. Podem ir o mais rapidamente possível", acrescentou.

A democrata Nancy Pelosi, líder da Câmara dos Representantes dos EUA, criticou os comentários de Trump, apelidando-os de xenófobos e que pretendem dividir os norte-americanos.

"O que Trump disse sobre quatro congressistas mostra o seu plano de construir uns 'Estados Unidos brancos, outra vez'", escreveu a congressista numa alusão ao 'slogan' de campanha de Donald Trump "Make América great again".


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JMC
    15 jul, 2019 USA 17:08
    Ainda por cima, há alguém queira que Trump volte para a Alemanha, o país dos seus antepassados.