A+ / A-

​Um detido e quatro identificados pelos incidentes no jogo Académica-Benfica

14 jul, 2019 - 11:46 • Redação com Lusa

Alguns adeptos chegaram a entrar na pista de atletismo para fugir aos desacatos, que obrigaram à intervenção da polícia. Um adepto ficou ferido e está internado devido à fractura de uma vértebra.
A+ / A-

Um homem detido e quatro pessoas identificadas foi o resultado dos incidentes nas bancadas do estádio de Coimbra durante o jogo de futebol entre a Académica e o Benfica no sábado, disse à Lusa a PSP.

Devido aos incidentes entre adeptos das duas equipas que obrigou à interrupção do jogo particular ao minuto 30, a PSP foi obrigada a intervir, tendo detido um homem e identificado outras quatro pessoas.

Um dos adeptos necessitou de assistência hospitalar devido a uma queda, depois de ter sido assistido na pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra. De acordo com um comunicado emitido pelo Clube da Luz, o adepto está internado e em observação, depois de identificada uma fractura de uma vértebra.

Alguns adeptos chegaram a entrar na pista de atletismo para fugir aos desacatos, que obrigaram à intervenção da polícia.

Segundo a PSP, os desacatos começaram quando elementos da claque da Académica de Coimbra invadiram setor que estava reservado aos adeptos do Benfica.

No final do jogo, que o Benfica venceu por 8-0, o treinador o treinador do clube encarnado, Bruno Lage, insurgiu-se contra os adeptos que provocaram desacatos e apelou a que se comece a prender os desordeiros.

"Antes de falar do jogo, quero falar do minuto 30. Isto tem de acabar! Houve um adepto que foi para o hospital e ninguém foi preso. A gente tem de começar a prender esta malta, esteja ela vestida de preto, de vermelho, de azul ou de verde", afirmou Bruno Lage, indignado com as cenas de violência que forçaram à interrupção do jogo entre as duas equipas.

Para o treinador "perde-se muito tempo a falar de outras situações" quando estes episódios de violência "é que não deviam ser tolerados e têm de ser encarados de outra maneira".


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.