A+ / A-

Atlético de Madrid exige 200 milhões ao Barcelona por Griezmann

12 jul, 2019 - 16:15 • Redação

Os madrilenos argumentam que o acordo entre Griezmann e o Barcelona ficou fechado antes de a cláusula de rescisão do jogador ter descido de 200 para 120 milhões de euros, pelo que acreditam que têm direito a mais 80 milhões.
A+ / A-

O Barcelona pagou 120 milhões de euros ao Atlético de Madrid por Antoine Griezmann, batendo o valor da cláusula de rescisão, mas os "rojiblancos" não estão satisfeitos. O Atlético clama que tem direito a mais 80 milhões de euros.

Em comunicado no site oficial, esta sexta-feira, o Atlético considera que "a quantidade depositada é insuficiente para bater a cláusula de rescisão, visto que é óbvio" que o acordo entre Griezmann e o Barcelona ficou fechado antes de a cláusula ter descido de 200 a 120 milhões de euros. O Atlético salienta que também o anúncio feito pelo jogador, a 14 de maio, de que se desvincularia do clube foi anterior à data em que se produziu a modificação da cláusula.

"O Atlético de Madrid acredita que a extinção do contrato se produziu antes da finalização da temporada, por factos, atos e manifestações realizadas pelo jogador e, por isso, iniciou os procedimentos que considerou oportunos para a defesa dos seus direitos e interesses legítimos", finaliza o clube madrileno.

Como se pensava que a "novela" tinha terminado

O Barcelona confirmou, esta sexta-feira, a contratação de Griezmann, por 120 milhões de euros. O Atlético recebe o valor da cláusula de rescisão à data, que no Barcelona passa a ser de 800 milhões. O avançado, de 28 anos, assinou por cinco temporadas e viu concretizado o desejo de se mudar para a Catalunha.

Campeão do mundo pela França, na Rússia em 2018, Griezmann estava há cinco temporadas no Atlético, onde chegou, em 2013/14, proveniente da Real Sociedad. O Barcelona é o terceiro clube da sua carreira. Na época passada, o avançado marcou 21 golos, em 48 jogos.

O seu sucessor no Atlético é o português João Félix, que o clube contratou ao Benfica, por 126 milhões de euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.