A+ / A-

Braga acolhe primeiro Encontro Ibérico de Catequetas

12 jul, 2019 - 07:46 • Ana Lisboa

É um encontro inédito, de partilha, que pretende estabelecer um maior diálogo entre os agentes de pastoral e teologia catequética de Portugal e Espanha. Mas sabe qual a diferença entre um catequista e um catequeta?
A+ / A-

O I Encontro Ibérico de Catequetas, uma iniciativa da Faculdade de Teologia da Universidade Católica de Braga com o apoio do Secretariado Nacional de Educação Cristã, decorre esta sexta-feira e no sábado, em Braga.

O encontro tem como tema central “Uma Catequese com sabor a Jesus Cristo” e nele vão participar aqueles que trabalham a catequética no âmbito da teologia, para refletir sobre a prática eclesial.

O objetivo “é dar continuidade a uma relação que já existe entre alguns catequetas portugueses que se costumam deslocar a Madrid, como observadores, como pessoas convidadas, ao encontro da Associação Espanhola de Catequetas”, explica à Renascença o padre Luís Figueiredo Rodrigues, ligado à organização do evento.

O também diretor-adjunto da Faculdade de Teologia da Universidade Católica de Braga acrescenta que lhe pareceu “muito importante estreitar a relação entre Portugal e Espanha no que à reflexão espiritual diz respeito, aproveitando também esta ocasião para congregar os catequistas e pastoralistas portugueses, que não temos o hábito de desenvolver projetos conjuntos”.

“E o que se pretende é exatamente fazer com que a Faculdade de Teologia do Núcleo de Braga seja o núcleo aglutinador da reflexão e do pensamento destes diversos agentes portugueses”, acrescenta.

O evento está dividido em dois momentos: o primeiro, no dia 12 de julho, é destinado à reflexão e partilha: “vamos basicamente apresentar os projetos que cada um de nós tem em mãos, as reflexões que temos feito, os objetivos que temos para o curto e médio prazo”.

“E temos depois um momento em que vamos procurar conhecer aquilo que são as produções teológicas no que à catequese diz respeito na Península Ibérica e, como não poderia deixar de ser, as últimas publicações mais significativas”.

No segundo e último dia, o encontro destina-se a todos os interessados. Quem quiser assistir não precisa de se inscrever, basta aparecer no Auditório Professor Manuel Isidro Alves, do Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa.

Do programa deste segundo dia, destacam-se três intervenções: “a primeira vai ser realizada pelo Senhor D. António Moiteiro, presidente da Comissão Episcopal para a Educação Cristã e Doutrina da Fé, que nos vai falar sobre aquilo que são os grandes desafios da catequese em Portugal, hoje”.

“Depois, o professor Juan Carlos Carvajal Blanco, de Espanha, vem desenvolver o tema da ‘Catequese com sabor a Jesus Cristo’, no sentido em que é uma catequese mistagógica e iniciática. E depois o padre Tiago Neto, de Lisboa, vai-nos mostrar um bocado daquilo que tem sido o seu trabalho sobre o acompanhamento e as narrativas crentes no desenvolvimento pessoal”, prossegue.

A finalizar, o padre Luís Figueiredo Rodrigues explica a diferença entre catequetas e catequistas.

“Catequista é todo aquele que numa comunidade concreta, em nome dessa comunidade, realiza um processo de animação de educação da fé. Catequeta é o teólogo que reflete sobre essa mesma prática. Portanto, catequista refere-se à ação e catequeta refere-se à reflexão sistemática e científica sobre essa prática”, esclarece.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.