A+ / A-
Coimbra

​Atriz internada e "com prognóstico reservado" após queda no Teatro da Cerca

11 jul, 2019 - 12:48 • Lusa

Maria João Robalo caiu quando estavam para se iniciar as oficinas de teatro das férias de verão da companhia.
A+ / A-

A atriz Maria João Robalo, que sofreu uma queda na segunda-feira no Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra, está "ventilada e com prognóstico reservado", disse esta quinta-feira o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

A atriz, da companhia de Coimbra Escola da Noite, "continua internada no Serviço de Medicina Intensiva do CHUC, está ventilada e com prognóstico reservado", afirmou à agência Lusa o gabinete de comunicação do hospital.


Na quarta-feira, a Escola da Noite informou, através da rede social Facebook, que Maria João Robalo "sofreu uma queda na manhã de segunda-feira, nas instalações do Teatro da Cerca de São Bernardo, da qual resultaram ferimentos muito graves".

"A família e a Escola da Noite agradecem todas as mensagens de apoio que lhes têm chegado e que muito contribuem para alimentar a força e a esperança de que todos precisamos nesta altura de grande preocupação", salienta a companhia de Coimbra.

Segundo fonte da Escola da Noite, a queda ocorreu quando estavam para se iniciar as oficinas de teatro das férias de verão da companhia.

Maria João Robalo, natural de Coimbra, colaborou pela primeira vez com a Escola da Noite em 2001, no espetáculo "Um gosto de mel", sendo desde há nove anos atriz da companhia de Coimbra.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.