|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Estudo

Robôs vão substituir 20 milhões de operários até 2030

26 jun, 2019 - 16:09 • Redação

Oxford Economics prevê que cada robô industrial vai eliminar 1,6 empregos. Quem perde o seu posto tende a mudar-se para outras áreas também sujeitas à invasão das máquinas.

A+ / A-

Até 20 milhões de operários fabris vão perder os empregos até 2030 por causa dos avanços na robótica industrial.

Os dados são de um estudo da Oxford Economics, divulgado esta quarta-feira pela BBC.

Segundo os autores do estudo, nem tudo é mau, uma vez que a automatização da indústria também se vai traduzir na criação de novos empregos e em crescimento económico.

O problema, contudo, é que os trabalhadores que deixarem a indústria por causa da invasão dos robôs tendem a ir para o setor dos serviços, encontrando trabalho em áreas como a construção, transportes e manutenção, que por sua vez também estão suscetíveis à automatização.

Não obstante as vantagens económicas da automatização, os autores do estudo alertam para o perigo de estas se ficarem só pelos países mais avançados, aumentando o fosso entre ricos e pobres.

Enquanto nos países economicamente mais desenvolvidos a instalação de cada robô industrial leva à perda, em média, de 1,6 empregos, esse valor duplica nos países menos desenvolvidos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.