A+ / A-

Santa Maria da Feira. Trabalhadora despedida por duas vezes vai ser reintegrada

26 jun, 2019 - 12:00 • Redação

O regresso de Cristina Tavares à corticeira Fernando Couto decorre de um acordo a que as duas partes chegaram, esta quarta-feira, antes do início do julgamento do caso.

A+ / A-

Uma trabalhadora despedida por duas vezes de um empresa corticeira de Paços de Brandão, concelho de Santa Maria da Feira, vai ser reintegrada.

O regresso de Cristina Tavares à corticeira Fernando Couto decorre de um acordo a que as duas partes chegaram, esta quarta-feira, antes do início do julgamento do caso.

A reintegração de Cristina Tavares, que recusou sempre qualquer indemnização, será feita a 1 de Julho. A trabalhadora poderá vir a receber uma indemnização por danos morais.

A trabalhadora foi despedida por duas vezes, a segunda a 10 de janeiro. A administração da Fernando Couto sustentava que Tavares assumira "comportamentos consubstanciadores da prática de um crime de difamação", depois de ter denunciado práticas de assédio moral no trabalho, resultantes da sua reintegração, por ordem do Tribunal da Relação do Porto, após o primeiro despedimento, em janeiro de 2017.

A operária queixou-se de que que, depois de reintegrada, passou a carregar e descarregar sucessivamente a mesma palete com sacos de cortiça, como "castigo".

O diferendo custou á empresa Fernando Couto três contraordenações da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) num valor a rondar 50 mil euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.