A+ / A-

"Maria levantou-se e partiu apressadamente". O tema da Jornada Mundial da Juventude de Lisboa

22 jun, 2019 - 10:43 • Eunice Lourenço

Papa divulgou temas dos três próximos anos num encontro com jovens. Em comum têm o convite aos jovens para responderem sem demora à missão que lhes é confiada.
A+ / A-

Veja também:


“Maria levantou-se e partiu apressadamente” é o tema da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer em Lisboa em 2022.

O tema foi anunciado neste sábado pelo Papa Francisco num encontro que está a decorrer no Vaticano e que junta 250 jovens de 110 países. Na mesma ocasião, Francisco anunciou também os temas para 2020 e 2021.

“A próxima edição internacional da JMJ será em Lisboa, em 2022. Para esta etapa de peregrinação intercontinental dos jovens escolhi como tema ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc 1, 39)”, anunciou Francisco no Vaticano.

“Desejo que haja sintonia entre o itinerário até à JMJ de Lisboa e o caminho pós-sinodal. Não ignorem a voz de Deus que vos impele a levantar-se e a seguir os caminhos que preparou para vós. Como Maria e junto a ela sejam todos os dias portadores da sua alegria e do seu amor”, acrescentou o Papa.


A frase bíblica escolhida (uma citação do Evangelho segundo São Lucas) dá início ao relato da “Visitação”, a visita de Maria a sua prima Isabel. Um episódio bíblico que se segue à Anunciação (o anúncio do anjo a Maria de que iria ser a mãe do Filho de Deus) que foi o tema da última Jornada Mundial da Juventude, que decorreu no Panamá, em janeiro deste ano.

“Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)” foi o tema no Panamá. E o próximo encontro mundial, que foi anunciado lá, irá, assim, decorrer sob o tema do versículo bíblico que se lhe segue (LC1, 39). Na conversa que tem com Maria na Anunciação, o Anjo diz-lhe, como prova de que o inesperado pode acontecer, que sua prima Isabel, já de avançada idade e considerada estéril, estava grávida. “Por aqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se à pressa para a montanha” – uma citação adaptada para “Maria levantou-se e partiu apressadamente” ou “sem demora”, consoante as traduções.

Maria parte, então, para Ain Karim, uma povoação perto de Jerusalém, onde vivia Isabel que estava grávida de João, que viria a ser S. João Baptista.

Os três temas anunciados pelo Papa usam, aliás, o verbo levantar e são todos citações de S. Lucas, sejam do Evangelho ou dos Atos dos Apóstolos, livro que relata os primeiros tempos cristãos e que também lhe é atribuído.

O tema do próximo ano é “Jovem, eu te ordeno: Levanta-te” (LC7, 14), uma citação de Jesus no relato de S. Lucas da ressurreição do filho de uma viúva. Para 2021, o tema é uma citação do relato da conversão de S. Paulo nos Atos dos Apóstolos (Act 26, 16), quando Jesus diz a Paulo, que caiu por terra, “Levanta-te! Faço de ti testemunha do que viste”. Na citação completa, Jesus diz a Paulo: “Levanta-se e firma-te nos pés, pois para isto te apareci: para te constituir servo e testemunha do que acabas de ver e do que ainda te hei-de mostrar”.

Os três temas convidam, assim, os jovens a levantar-se e a apressarem-se a viver o chamamento de Deus e a proclamar a Boa Nova.

Lisboa recebe o Papa e organiza a Jornada Mundial da Juventude em 2022
Lisboa recebe o Papa e organiza a Jornada Mundial da Juventude em 2022

Em 2020 e 2021, o Dia Mundial da Juventude é assinalado nas dioceses, em princípio do Domingo de Ramos.

E em 2022, acontecerá, então, o grande encontro mundial de jovens que poderá juntar dois milhões de pessoas em Lisboa.

No encontro deste sábado, o Papa explicou que estes temas também pretendem estar em sintonia e dar seguimento ao Sínodo para os jovens, que decorreu no ano passado e ao qual se seguiu a publicação da exortação apostólica. “Christus vivit”.

Francisco falava para as centenas de jovens que participam no XI Fórum Internacional de Jovens, organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.