A+ / A-

Ministra da Saúde garante contratação de dois oncologistas para hospital de Viseu

15 jun, 2019 - 19:37 • Redação

Marta Temido assegura que houve apenas um “sobressalto” e que não está em causa a permanência de três médicos oncologistas no hospital de Viseu.
A+ / A-

A Ministra da Saúde anunciou, esta tarde, em Viseu o reforço do pessoal médico no Centro Hospitalar Tondela Viseu, para garantir os previstos três oncologistas.

Marta Temido garante que está tudo a funcionar dentro da normalidade no hospital, depois das críticas à falta de respostas para doentes oncológicos naquela unidade.

Marta Temido diz que houve apenas um sobressalto, provocado pela intenção de uma médica de mudar de hospital e de outra que está num processo de aposentação. As duas serão substituídas, garante a ministra, que adianta que há já uma vaga em concurso e uma “boa perspetiva de fazer uma outra contratação direta”.

“Este serviço, na sua tipologia, tem como referência o mínimo de três médicos oncologistas, e neste momento é isso que o hospital tem, o que é diferente do que acontecia em 2015, em que havia um oncologista em Viseu”, lembra Marta Temido.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.