A+ / A-

Joel Rocha e Nuno Dias trocam críticas no final do dérbi de futsal

13 jun, 2019 - 22:52 • Redação

Sporting venceu por 5-3 e forçou a "negra", no domingo, no Pavilhão da Luz. Treinador do Benfica criticou o homólogo, que não deixou o colega de profissão sem resposta.
A+ / A-

Joel Rocha, treinador de futsal do Benfica, teceu duras críticas a algumas atitudes de Nuno Dias, técnico do Sporting, para com a arbitragem, e pede que os árbitros não se deixem condicionar.

"Ouvi o meu colega de profissão Nuno Dias a dizer para terem coragem para escrever o que viram. O futsal português merece mais e melhor. Quando toca o ganhar ou perder, entramos num campo de irracionalidade, que parece que vale tudo. Espero que ninguém se deixe condicionar", disse, em conferência de imprensa.

Na hora de dar troco, Nuno Dias não se ficou. "Se falou de mim, é bom, porque valoriza-me. Lembro-me de três lances de arbitragem nesta partida. Uma mão fora da área, não assinalado, penálti sobre o João Matos, quando leva um pontapé na cabeça, e uma mão que dá penálti do André Coelho".

Elogios às equipas

O treinador do Sporting, atual campeão da Europa de futsal, viu na quadra os galões de líder do velho continente. "É uma equipa de campeões, acredita até ao fim, e sentia a injustiça que estava a ser o resultado. Nem merecíamos o prolongamento, quanto mais perder. Hoje fomos claramente superiores e não mereciamos mais dez minutos de desgaste".

Já Joel Rocha deixa o aviso: contra tudo e contra todos, o Benfica quer reconquistar o campeonato que lhe escapa há quatro temporadas.

"Não estamos satisfeitos, ainda mais pelo que fomos sentindo. Ninguém no tira a ambição de reconquistar o campeonato, com os valores que o Benfica defende. Não somos perfeitos, mas não somos hipócritas, temos memória. O Benfica vai lutar até ao último segundo, fiel à sua identidade", disse.

O Sporting venceu o Benfica no quarto jogo da final do "play-off" de campeão de futsal, por 5-3, após prolongamento.

O Benfica poderia sagrar-se campeão, se vencesse esta tarde. As águias estiveram a vencer até ao último minuto. Os leões empataram e levaram a melhor no prolongamento. A última partida, que decidirá o campeão nacional, joga-se no domingo, no Pavilhão da Luz.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.