A+ / A-

Trump no Reino Unido para visita de Estado com banquete em Buckingham

03 jun, 2019 - 10:17 • Lusa

Para terça está agendada uma grande manifestação no centro de Londres, onde os organizadores esperam que apareça o "baby blimp", um balão de seis metros que representa Trump de fralda e um telemóvel na mão.
A+ / A-

O presidente dos EUA já chegou a Londres para uma visita de Estado de três dias, que inclui um banquete no palácio de Buckingham e uma visita a Downing Street, quase um ano depois de uma visita furtiva.

Em julho do ano passado, Donald Trump esteve no país três dias, mas encontrou-se com a primeira-ministra, Theresa May, em Chequers Court, a residência de campo, a 70 quilómetros de Londres, e com a Rainha Isabel II no palácio de Windsor, a 42 quilómetros da capital.

Desta vez, o programa começa com uma cerimónia de boas-vindas no Palácio de Buckingham, concedida pela Rainha e pelo Príncipe de Gales, príncipe Carlos, e a Duquesa da Cornualha, Camilla. A chegada será assinalada com salvas de canhão em Green Park e na Torre de Londres.

Após um almoço privado no Palácio para Trump e a mulher, Melania, a Rainha vai conduzir o chefe de Estado norte-americano numa visita a uma exposição com peças da coleção real de importância histórica para os EUA.

Seguem-se uma visita à Abadia de Westminster, onde o Presidente depositará uma coroa de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido, chá em Clarence House com o príncipe Carlos e Camilla, e um banquete de Estado à noite, no Palácio de Buckingham, oferecido pela Rainha.

Na terça-feira, a primeira-ministra britânica, Theresa May, organiza um pequeno-almoço de negócios com empresários dos dois países, após o qual recebe Donald Trump na residência oficial, em Downing Street, para almoço, seguido por uma conferência de imprensa.

É neste dia que se espera uma grande manifestação no centro de Londres, onde os organizadores esperam que volte a figurar o chamado "baby blimp", um balão de seis metros que representa Trump de fralda e um telemóvel na mão.

À noite, o Presidente norte-americano oferece um jantar de agradecimento na residência do embaixador dos EUA, no qual o príncipe Carlos vai participar em nome da Rainha.

"A visita de Estado é uma oportunidade para fortalecer a nossa relação já próxima em áreas como comércio, investimento, segurança e defesa, e para discutir como podemos construir esses laços nos próximos anos", afirmou Theresa May.

Um acordo comercial entre os dois países é considerado crucial para o futuro pós-Brexit da economia britânica, mas Trump nem sempre foi encorajador sobre este tema. Durante a visita de 2018, aliás, chegou a dizer que uma parceria próxima com a União Europeia "provavelmente eliminaria" um acordo de livre comércio entre Washington e Londres. Porém, recuou apenas 24 horas depois e prometeu um "grande acordo comercial bilateral com o Reino Unido", desdizendo as críticas a May sobre o Brexit e admitindo que se trata de uma "negociação muito complicada".

Na quarta-feira, Donald Trump, a Rainha, o príncipe Carlos e outros chefes de Estado e de Governo participam num evento comemorativo em Portsmouth, no sul de Inglaterra, do 75.º aniversário do desembarque do Dia D das forças aliadas, momento que contribuiu para a derrota da invasão nazi na II Guerra Mundial.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.