A+ / A-
Liga dos Campeões

UEFA confirma multa de 28.500 euros ao FC Porto

23 mai, 2019 - 20:50 • Redação

Multa deve-se ao comportamento incorreto dos adeptos, na receção à Roma, nos oitavos de final da Liga dos Campeões.
A+ / A-

A UEFA manteve, esta quinta-feira, a multa de 28.500 euros ao FC Porto, por comportamento incorreto dos adeptos, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, no Estádio do Dragão, frente à Roma.

A coima, confirmada pelo Comité de Apelo do organismo, resultou da utilização de engenhos pirotécnicos, da exibição de tarjas ilícitas e do bloqueio de acessos e organização insuficiente. Na altura, os italianos também foram punidos em 5.000 euros, por danos provocados no Estádio do Dragão.

O FC Porto venceu o jogo em questão, por 3-1, a 6 de março, após prolongamento. Vitória que anulou o 2-1 sofrido na primeira mão e que permitiu o apuramento para os quartos de final, em que a equipa de Sérgio Conceição foi eliminada pelo agora finalista Liverpool.

Por seu lado, a Lazio, de Itália, terá de fechar partes do seu estádio no próximo desafio europeu que disputar. Não será na próxima época, já que a equipa de Roma falhou a qualificação para a Liga Europa.

Este castigo foi aplicado devido ao comportamento racista dos adeptos da Lazio, na segunda prova de clubes da UEFA, frente ao Sevilha. Alguns adeptos da Lazio, de extrema direita, fizeram a saudação nazi na segunda mão dos 16 avos de final, no terreno dos espanhóis.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.