A+ / A-
Sporting

Para Keizer, a final da Taça resume-se a uma coisa: "Ganhar"

22 mai, 2019 - 20:21 • Redação

Treinador do Sporting pode dizer depois de sábado se ganhar no Jamor traça a linha entre um ano de sucesso ou insucesso.
A+ / A-

Marcel Keizer não arrisca definir a final da Taça de Portugal, frente ao FC Porto, como a linha entre uma época de sucesso ou de insucesso, porém, reconhece que, quando se chega a um jogo decisivo, só importa ganhar.

"Penso que, quando estás numa final, só pensas em ganhá-la. É o que estamos a fazer. Já ganhámos uma taça [a Taça da Liga], mas esta é mais importante para nós. Claro que vamos fazer tudo o que pudermos para vencer. Depois disso, poderei dizer se se foi ou não uma época de sucesso. Mas tudo se resume a uma coisa: ganhar", atirou o treinador do Sporting, em declarações à Federação Portuguesa de Futebol.

O FC Porto tem uma equipa "muito forte fisicamente, mas também com jogadores de grande qualidade", pelo que o Sporting terá de estar "no seu melhor, com a confiança de que consegue vencer". Keizer lembrou que, como na final da Taça da Liga, que venceu, "volta a ser só um jogo".

"As duas equipas vão lutar pela Taça, sabendo que têm de render ao máximo e de estar no dia e no momento certos. Vamos tentar fazer tudo para estarmos num bom momento", garantiu o técnico holandês.

O desgaste, a estratégia e a festa da Taça

O desgaste pode entrar em jogo, contudo, o facto de se jogar a final da Taça de Portugal após o fim do campeonato "é muito motivador para os jogadores". Também há o calor, mas Keizer afiançou que "a motivação vai estar muito alta para ambas as equipas, por isso será uma final intensa".

Quanto à estratégia para a partida, Keizer aposta nos princípios interiorizados pela equipa: "Com diferentes adversários, os aspetos táticos ajustam-se a estes princípios e estamos prontos para jogar."

Marcel Keizer chegou esta época ao futebol português, mas já reconhece a importância e a "mística" de uma final da Taça de Portugal no Jamor, "um dos maiores jogos" do panorama nacional.

"Estou feliz por poder estar lá com a equipa. É para isso que nos preparamos. Neste tipo de jogos, é bom que os adeptos tenham o dia par festejar com a sua equipa na final. Para jogadores e treinadores, o importante é prepararmo-nos o melhor possível. É bom ver a multidão de adeptos quando se chega de autocarro numa final mas o nosso foco está no jogo, é o nosso trabalho", assinalou o técnico do Sporting.

A final da Taça de Portugal está marcada para sábado, às 17h15, no Estádio Nacional. O Sporting-FC Porto terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.