A+ / A-
Sporting

Wendel sem sanção disciplinar e convocado para a final da Taça

22 mai, 2019 - 19:06 • José Pedro Pinto

Notícia Bola Branca. Médio brasileiro fará parte dos convocados do Sporting para o Jamor, sempre e quando esteja fisicamente apto. Na quinta-feira, treinará com o plantel, antes de se apresentar em tribunal, ao início da tarde.
A+ / A-

Wendel vai ser convocado para a final da Taça de Portugal, sempre e quando esteja fisicamente apto, já que o Sporting não prevê aplicar qualquer sanção disciplinar, depois de o médio brasileiro ter sido detido, esta quarta-feira, por conduzir sem carta de condução nacional.

Bola Branca apurou que a SAD verde e branca não enquadra o episódio como infração disciplinar por três motivos: trata-se de um assunto de cariz pessoal, ocorrido em dia de folga do plantel e tudo se resumiu a um lapso da parte de Wendel, que não atualizou em tempo devido a carta de condução trazida do Brasil para poder circular na Europa.

A Wendel foi aplicada a medida de coação menos gravosa - termo de identidade e residência. Amanhã, terá de se apresentar no Tribunal do Montijo, às 14h00, para ser presente a um juiz. Isso será já depois de treinar normalmente com a equipa da parte da manhã, na Academia de Alcochete, a partir das 10h30.

Este incidente ocorre a três dias da final da Taça de Portugal, contra o FC Porto. O brasileiro, de 21 anos, assumiu-se, esta temporada, como titular nas opções de Marcel Keizer. No total, soma três golos em 32 jogos.

A final da Taça de Portugal está marcada para sábado, às 17h15, no Estádio Nacional. O Sporting-FC Porto terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.