A+ / A-

​Brexit não afasta turistas britânicos de Portugal. E estão a gastar mais

22 mai, 2019 - 01:22 • Ana Carrilho

Os dados foram revelados pelo Banco de Portugal e são considerados muito positivos pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
A+ / A-

Nos primeiros três meses deste ano as receitas turísticas do mercado o do Reino Unido em Portugal cresceram mais de 10%.

Os dados foram revelados esta terça-feira pelo Banco de Portugal e são considerados muito positivos pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

À margem do Fórum de Turismo Interno, “Vê Portugal”, que decorre em Castelo branco, Ana Mendes Godinho sublinhou que, apesar da incerteza do Brexit, os turistas britânicos continuam a vir para Portugal e estão a gastar mais. O que também resulta das campanhas específicas de promoção de Portugal que têm sido feitas no Reino Unido.

A secretária de Estado classificou ainda de “muito interessantes” os crescimentos na receita turística com origem nos mercados dos Estados Unidos (37%), Itália (20,8%), Brasil (12,4%) e Irlanda (12,9%).

Para Ana Mendes Godinho, o interesse por Portugal continua a crescer e referiu o facto de, no recente Salão Imobiliário de Paris, ter havido muita procura, sobretudo das regiões (ainda) menos turísticas, “para investimento, compra de casa e turismo”, revelou Ana Mendes Godinho.

Segundo os dados do Banco de Portugal divulgados esta terça-feira, no primeiro trimestre deste ano, as receitas turísticas cresceram 5,3%. “É muito positivo porque não tivemos o efeito Páscoa – este ano, em abril – e que traz muitos espanhóis”, sublinha a governante.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.