A+ / A-
Europeias 2019

Melo responde a Rangel. "Não vejo utilidade no voto em quem celebra acordos com António Costa"

20 mai, 2019 - 14:11 • Pedro Filipe Silva

Em dia de debate na RTP, Nuno Melo e Assunção Cristas aproveitaram a manhã para fazer um passeio de barco na baía de Setúbal, para assinalar o Dia Europeu do Mar. E do mar veio a resposta a Paulo Rangel, com críticas ao Governo.
A+ / A-

Andar no mar é “para gente corajosa”, diz a líder do CDS quando o momento das declarações aos jornalistas é interrompido por segundos pela habitual agitação marítima.

Minutos antes, o candidato Nuno Melo e a presidente do partido, Assunção Cristas, lado a lado na proa, diziam: “isto parece o Titanic”. Mais tarde o cabeça-de-lista do CDS esclarecia que o célebre navio não terá o mesmo fim. “É pelo lado romântico, não pelo lado do afundamento. Nós somos os salvadores do Titanic”, sublinha.

Com a garantia de que este barco não vai ao fundo Nuno Melo responde, esta segunda-feira, a Paulo Rangel, que no domingo disse que o único voto útil é no PSD.

“Eu não vejo utilidade nenhuma num voto em quem durante legislaturas celebra acordos com o Dr. António Costa e antecipa que se o Dr. António Costa precisar validará um bloco central”, dispara.

“O que Portugal precisa é garantidamente que esse voto servirá para ser oposição ao Dr. António Costa ou alternativa, não parceiro. Só o CDS é oposição. Nenhum voto no CDS servirá para viabilizar um governo do Dr. António Costa”, continuou.

Assunção Cristas acrescenta. “É dar o voto a quem sabe seguramente que o caminho para o futuro do país não é o socialismo, não são as esquerdas unidas e também não é um bloco central”.

A viagem de barco na baía de Setúbal tinha um objetivo: celebrar o Dia Europeu do Mar. Assunção Cristas sublinhou isso mesmo e recordou os tempos em que foi ministra do Mar. Recordou o navio de investigação oceanográfica criado pelo anterior Governo e criticou o atual ministro das Finanças.

“Eu tenho procurado saber quantas viagens é que este navio ‘Mar de Portugal’ tem feito até agora. Parece que fez uma viagem inaugural, mas mais nada ao fim de muitos anos parado, porque Mário Centeno cortava as verbas necessárias para pôr as artes de pesca no navio, que era a única coisa que faltava”, apontou.

Foram três os barcos da comitiva centrista neste passeio que durou duas horas.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.