A+ / A-

De vampiro a homem-morcego? Robert Pattinson na calha para ser o novo Batman

17 mai, 2019 - 15:05 • Redação

Novo filme da saga deverá chegar aos cinemas em junho de 2021 e vai explorar a juventude de Bruce Wayne.
A+ / A-

O ator britânico Robert Pattinson está em negociações para interpretar o novo filme de super-heróis da DC Comics, dirigido por Matt Reeves, avançou esta semana a revista “Variety”.

A participação do protagonista da saga Twilight ainda não foi confirmada pela Warner Bros, e o astro Nicholas Hoult, também estaria na lista de finalistas para Batman.

No entanto, fontes ligadas ao site informaram que Pattinson, com seu histórico em Harry Potter e na saga Twilight, segue como favorito.

O novo filme do Batman deve chegar aos cinemas norte-americanos a 25 de junho de 2021. Nessa nova continuação, a história será focada num Bruce Wayne mais jovem, uma direção diferente do que nas longas metragens interpretados por Ben Affleck.

Affleck assumiu o papel do super-herói em “Batman vs Super-Homem: O Despertar da Justiça” e “Esquadrão Suicida”, ambos de 2016, e “Liga da Justiça”, em 2017. Em janeiro deste ano, abandonou o papel.

Ben Affleck seria o diretor do novo filme, porém, em 2017 acabou por sair do projeto, sendo substituído por Reeves, o cineasta por traz das duas últimas sequelas de “Planet of Apes”.

Reeves irá produzir “The Batman” com o seu colaborador de “Planet of the Apes”, Dylan Clark.

A escolha do vampiro para homem-morcego não agradou a uma parte dos fãs das bandas desenhadas, que não perderam tempo e já começaram com várias petições na internet para Robert Pattinson ser substituído.

Um dos abaixo-assinados diz que escolher Pattinson seria "uma repetição do erro conhecido como Batfleck", numa referência ao ator norte-americano que nuam sondagem da revista "Variety" teve 77% de reprovação do público quando foi anunciado como Batman.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.