A+ / A-

Não há pontos em jogo, mas Keizer quer defender o "prestígio" do Sporting no clássico

17 mai, 2019 - 13:17 • Redação

O treinador admite que a final da Taça de Portugal "é mais importante" para o clube, mas não abdica de procurar a vitória.
A+ / A-

Marcel Keizer sabe que não há pontos em jogo para o Sporting, frente ao FC Porto, na 34.ª e última jornada do campeonato. Porém, o treinador leonino frisa que, num clássico, está sempre em causa o prestígio.

Em conferência de imprensa, esta sexta-feira, de antevisão do clássico, Keizer garantiu que o Sporting não utilizará este jogo para afinar estratégia para a final da Taça de Portugal, que disputará frente ao Porto.

"Se estivéssemos à espera deste jogo para afinar a estratégia, estávamos mal. Não é um jogo importante para os pontos, mas para o prestígio. O jogo da próxima semana é mais importante para nós. Os dois clubes estão a lutar pelo título, mas o Sporting tem de fazer o seu jogo. Temos de jogar para os nossos adeptos e estamos só preocupados com o nosso jogo e performance", afirmou o técnico holandês.

Apesar de o Sporting não ter nada a perder, tendo o terceiro lugar já garantido, Keizer quer a equipa a jogar a um nível alto, diante de um FC Porto "consistente e que joga bem, com avançados fortes".

"Temos de jogar o jogo como sempre fazemos. Temos de estar focados e concentrados. Os resultados têm estado bem, mas temos de nos manter no ritmo", sublinhou.

Bas Dost ainda "não está preparado para jogar os 90 minutos", pelo que poderá não ser titular, mas Keizer assegurou que "é possível" Luiz Phellype e o holandês jogarem juntos. "Ainda estamos a trabalhar com o Bas Dost que regressou de lesão, é bom para nós que volte a estar disponível", referiu.

Apesar de não estarem na corrida, os leões poderão ter papel decisivo na discussão do título, no sábado, às 18h30, no Estádio do Dragão. O FC Porto-Sporting terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.