A+ / A-

Sub-20. “Queremos sempre ganhar"

17 mai, 2019 - 11:48 • Lusa

Extremo Pedro Neto quer pensar “jogo a jogo” durante o Mundial da categoria.
A+ / A-

Pedro Neto já integra a seleção de futebol de sub-20, dois dias depois da conquista da Taça de Itália, com a Lazio, mas agora está preparado para "ajudar" a equipa das quinas no Mundial.

“Vim para trabalhar, ajudar o grupo e dar o máximo", referiu o jogador.

O extremo, de 19 anos, diz que a chegada ao estágio dos sub-20 e a um grupo em que é o mais jovem, correu bem e que a vontade de vencer é muita.

"É um motivo de orgulho ver o trabalho compensado, fui recebido como os outros. Sinto que estão muito bem integrados", adiantou Pedro Neto, que, na conversa, esclareceu já ser jogador da Lazio, depois de ter chegado por empréstimo do Sporting de Braga.

As atenções viram-se para o Mundial de sub-20, na Polónia, onde Portugal integra o grupo F, com Coreia do Sul, Argentina e África do Sul, num percurso em que Pedro Neto prefere olhar "jogo a jogo".

"Como é obvio queremos sempre ganhar, jogar jogo a jogo, são três jogos difíceis. São três estilos diferentes, mais técnicos o sul-coreano e argentino, e a África do Sul mais físico", explicou o jogador.

Portugal parte no domingo para a Polónia, onde decorrerá o Mundial do escalão, de 23 de maio a 15 de junho, e fará a estreia em 25 de maio, frente à Coreia do Sul, no Estádio Bielsko-Biala.

Pedro Neto, que começou a treinar na quinta-feira, diz que estes dias são dedicados pelo selecionador Hélio Sousa "aos aspetos táticos" da equipa portuguesa, antes de se debruçar sobre as dificuldades que a Coreia do Sul poderá colocar à seleção lusa.

A experiência na Polónia será também uma despedida de Hélio Sousa da Federação, depois de o técnico ter levado esta geração de jogadores aos títulos europeus de sub-17, em 2016, e de sub-19, em 2018.

"O mister Hélio [Sousa] fez muito por nós, mas está muito focado em vencer e vamos tentar com ele alcançar o título", disse ainda Pedro Neto, quando questionado em relação à saída de Hélio Sousa e à ida do técnico para a seleção do Bahrein.

Na Polónia, após o jogo com a Coreia do Sul, Portugal defrontará em 28 de maio a Argentina, e em 31 a África do Sul.

Numa competição com 24 seleções, apuram-se para os oitavos de final os dois primeiros classificados de cada grupo, mais os quatro terceiros mais bem classificados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.