A+ / A-
1917-2019

Criador da pirâmide do Louvre morre aos 102 anos

17 mai, 2019 - 00:39 • Redação com Lusa

Ieoh Ming Pei adquiriu uma reputação de nível mundial a partir da década de 80, acumulando diversos prémios internacionais, como o Pritzker.
A+ / A-

O arquiteto sino-americano Ieoh Ming Pei, criador de vários edifícios emblemáticos, como a Pirâmide do Louvre, em Paris, ou o Banco da China, em Hong Kong, morreu esta quinta-feira, aos 102 anos.

Nascido em Guangzhou, a 26 de abril de 1917, Ieoh Ming Pei chegou aos Estados Unidos da América em 1935 e adquiriu uma reputação de nível mundial a partir da década de 80, acumulando diversos prémios internacionais, como o Pritzker, por muitos considerado o Nobel da Arquitetura, ou o "Praemium Imperiale".

O arquiteto morreu na noite de quarta para quinta-feira, anunciou o jornal "The New York Times", que cita o seu filho Chien Chung Pei.

A Pirâmide do Museu do Louvre, em Paris, terminada em 1989, é a sua obra mais conhecida, tornando-se um local de referência da capital francesa.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.