A+ / A-

​Soflusa. Governo anuncia autorização das Finanças para contratar seis marinheiros

15 mai, 2019 - 22:44 • Ana Carrilho

A autorização do Ministério das Finanças cobre menos de metade dos trabalhadores que a administração da Transtejo/Soflusa tinha pedido mais recentemente.
A+ / A-

A Soflusa pode contratar seis marinheiros para reforçar o serviço de transporte fluvial entre Lisboa e o Barreiro. O Ministério das Finanças já deu autorização.

O anúncio foi feito esta quarta-feira, no Ministério do Ambiente, pelo secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, aos sindicatos que representam os trabalhadores da Soflusa.

No encontro em que também esteve presente a administração da Transtejo/Soflusa, liderada por Marina Ferreira, foi assumida a manifesta falta de pessoal para assegurar as ligações entre as duas margens do Tejo.

Como a Renascença já tinha referido, há várias escalas de serviço incompletas. No entanto, a autorização do Ministério das Finanças cobre menos de metade dos trabalhadores que a administração tinha pedido mais recentemente: 12 marítimos (marinheiros e maquinistas) e três trabalhadores para as bilheteiras.

A empresa lançou, entretanto, um concurso interno para recrutar quatros mestres, que vêm da carreira de marinheiro.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.