Tempo
|
A+ / A-

​Santuário de Fátima muda local de acolhimento a peregrinos

10 mai, 2019 - 11:59 • Teresa Paula Costa

Peregrinos que recorrem ao serviço são encaminhados para o alojamento nas casas do Santuário. São mil camas que estão disponíveis, sendo que o Santuário providencia ainda as refeições, tudo gratuito.

A+ / A-

O Santuário de Fátima decidiu mudar o local de acolhimento e registo dos peregrinos a pé. O serviço, que funcionava anteriormente junto ao posto de socorros, foi transferido para o Albergue do Peregrino, um edifício situado na lateral norte da Basílica de Nossa Senhora do Rosário, junto ao parque nº 2.

A mudança é acolhida com agrado pelos peregrinos. Maria Helena Leite saiu de Braga no passado dia 3 e quinta-feira à tarde chegou a Fátima ao posto de socorros do santuário, onde foi informada da novidade. Quando chegou ao Albergue do Peregrino teve de esperar um pouco porque o serviço ainda não tinha entrado em funcionamento, mas a espera, à chuva, valeu a pena. Em entrevista à Renascença, a bracarense reconhece que ali “as condições são melhores”.

A notícia também apanhou Fernando Figueiredo desprevenido. Chegado do Porto após quatro dias de caminhada, o sexagenário estava satisfeito, pois o espaço “é muito maior e pode acolher mais peregrinos”.

Com esta alteração pretende-se dar melhores condições aos peregrinos. Pedro Valinho, diretor do departamento de acolhimento aos peregrinos, lembra que “o acolhimento era feito num espaço muito apertado e a ideia foi oferecer aos peregrinos que chegam a pé, depois de uma grande caminhada, de um grande esforço, as melhores condições possíveis”.

Os peregrinos são atendidos por ordem de chegada e a inscrição é feita mediante o registo de um representante e a apresentação de lista de peregrinos que compõem o grupo com registo de dados pessoais elementares. Estes serviços são prestados aos peregrinos de forma gratuita.

Naquele espaço, o serviço recolhe informaticamente os dados dos que chegam, outra novidade que pode ser uma mais-valia tanto para o santuário como para os próprios peregrinos.

Pedro Valinho revela que “o santuário foi, ao longo dos tempos, mantendo algum histórico dos peregrinos que chegavam”. Contudo, este registo informático “vai-nos permitir fazer esse histórico de uma forma muito mais prática, mas vai também permitir oferecer segurança às pessoas que estão connosco, incluindo os próprios peregrinos a pé, ao sabermos, de uma forma muito prática, quem está connosco, podendo identificar qualquer eventualidade que possa surgir”.

Os peregrinos que recorram ao serviço serão depois encaminhados para o alojamento nas casas do Santuário. São mil camas que estão disponíveis, sendo que o santuário providencia ainda as refeições, tudo gratuito.

Este ano, o Movimento da mensagem de Fátima, que coordena o acolhimento aos peregrinos, estima que cerca de 30 mil pessoas cheguem ao santuário a pé para este fim de semana de celebrações.

Sinal de atenção à Ásia

A peregrinação de maio será presidida pelo cardeal filipino e arcebispo de Manila, D. Luís António Tagle, num sinal de atenção à Ásia, cujo número de peregrinos não para de surpreender no santuário de Fátima. Nos primeiros quatro meses deste ano, o Santuário já acolheu 60 grupos asiáticos que se fizeram anunciar nas celebrações do programa oficial, nove dos quais oriundos das Filipinas.

Os sul-coreanos são, contudo, o grupo mais expressivo da presença asiática naquele lugar, com 30 grupos a fazerem-se anunciar no Santuário, com um total de 730 peregrinos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+