A+ / A-

Postos de vigia contra incêndios entram em funcionamento com 288 vigilantes

07 mai, 2019 - 06:26

A Rede Nacional de Postos de Vigia será reforçada a 1 de julho, com um total de 912 vigilantes.
A+ / A-

Os 72 postos de vigia para prevenir e detetar incêndios vão entrar esta terça-feira em funcionamento com 288 vigilantes, segundo o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais deste ano.

Estes 72 postos fazem parte da Rede Nacional de Postos de Vigia e vão estar em funcionamento entre esta terça-feira e 6 de novembro durante 24 horas.

Nesta esta primeira fase, denominada rede primária, os postos são assegurados por 288 vigilantes.

A rede vai ser reforçada entre 1 de julho e 15 de outubro quando entra em funcionamento a rede secundária com um total de 228 postos de vigia e 912 vigilantes das florestas.

A Rede Nacional de Postos de Vigia, da responsabilidade da GNR, assegura em todo o continente as funções de deteção fixa de ocorrências de incêndios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.