A+ / A-

Ativistas anti-aeroporto do Montijo invadem festa do PS e interrompem discurso de Costa

22 abr, 2019 - 21:32 • Susana Madureira Martins, com redação

Grupo de jovens subiu ao palco e atirou aviões de papel. "Mais aviões? Só a brincar", pediram os ativistas antes de serem expulsos pela segurança.
A+ / A-
Discurso de Costa interrompido por protesto anti-aeroporto do Montijo
Discurso de Costa interrompido por protesto anti-aeroporto do Montijo

Veja também:


Três ativistas que se opõem à construção do aeroporto no Montijo interromperam esta segunda-feira o discurso do primeiro-ministro, António Costa, no Centro de Congressos de Lisboa, antiga FIL.

Os manifestantes subiram ao palco, munidos com raquetes de sinalização dos aviões, e atiraram aviões de papel.

Os três ativistas foram retirados da sala, mas ainda mostraram um cartaz onde se podia ler: "Mais aviões? Só a brincar. Precisamos de Plano B. Não há planeta B".

O incidente marcou o jantar do 46º aniversário do PS, que também é uma homenagem a Alberto Martins e ao seu papel na crise estudantil de 1969.

Um jovem subiu ao palco onde estava o secretário-geral socialista a falar perante centenas de militantes, enquanto outro jovem atirava aviões de papel aos convidados para o jantar.

"Lamentamos estragar a vossa festa, mas o rio Tejo, aqui ao lado, a nossa cidade e as futuras gerações nada têm para celebrar", escreveram num comunicado os mesmos membros do grupo de jovens.

Os jovens foram retirados da sala pela organização do PS, com António Costa a não fazer menção ao incidente, preferindo salientar a importância das eleições europeias do mês que vem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.