A+ / A-

Marcelo classifica como “Intolerável e condenável” conjunto de atentados no Sri Lanka

21 abr, 2019 - 17:00 • Redação

Chefe de Estado já falou com a viúva do cidadão português.
A+ / A-

“Intolerável e condenável”, assim reage o Presidente da República aos atentados no Sri Lanka que fizeram mais de 200 mortos, incluindo um cidadão português.

Em declarações à Renascença, Marcelo Rebelo de Sousa deixa uma palavra de “conforto especial” à viúva do português de 30 anos atingido por uma das explosões.

Segundo o Chefe de Estado, é uma “experiência poderosíssima, uma espécie de via sacra, realmente sofrida”.

Grupo de atentados no Sri Lanka fez 207 mortos e mais de 450 feridos. Pelo menos 35 das vítimas são estrangeiras. Há, pelo menos, sete suspeitos detidos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.