A+ / A-
Crise de combustíveis

Não sabe onde atestar o seu carro? Este mapa dá uma ajuda

17 abr, 2019 - 18:07 • Redação

Um grupo de “voluntários digitais em situações de emergência” criou uma plataforma colaborativa que permite acompanhar a disponibilidade de combustíveis nos postos de abastecimentos em todo o Continente.
A+ / A-

Veja também:


A greve dos motoristas de transporte de matérias perigosas tem levado milhares de portugueses a procurar o posto de abastecimento mais próximo onde ainda há gasolina ou gasóleo.

Se é dos que não sabe se a bomba de gasolina mais próxima ainda tem combustível, a plataforma colaborativa “Já não dá para abastecer”, que nos últimos dias tem registado as bombas de gasolina com algum tipo de impedimento, disponibiliza agora um mapa em que pode consultar as bombas de gasolina com alguma forma de problema.

No site, pode agora saber se o combustível de uma determinada bomba está totalmente esgotado, se só tem gasolina, só gasóleo ou se, pelo contrário, não há informações que apontem para qualquer tipo de problema.

O mapa foi colocado no ar nos últimos minutos. Os dados estão a ser atualizados à medida que chegam novas informações através do preenchimento de um formulário.

A VOST Portugal é um grupo de “voluntários digitais em situações de emergência”. O grupo alerta, contudo, que a informação na plataforma pode não ser 100% fiável.

Na quarta-feira, de acordo com os dados disponibilizados por esta plataforma, sete em cada 10 postos de combustível teriam registado problemas a fornecer combustível.

Está a ser afetado/a pela crise dos combustíveis? Partilhe connosco o que viu e viveu deixando o seu feedback nos comentários ou enviando as suas imagens para online@rr.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.