A+ / A-

Moreirense vai até às últimas instâncias em relação ao caso Jhonatan

16 abr, 2019 - 18:55 • Redação

Guarda-redes brasileiro foi anunciado como reforço do Vitória de Guimarães para a próxima temporada, a custo-zero, depois do Moreirense ter anunciado a renovação de contrato com o guardião.
A+ / A-

O Moreirense deixou fortes críticas ao Vitória de Guimarães por ter anunciado a contratação de Jhonatan, e anunciou que vai utilizar "todos os mecanismos ao dispor" para "ver ressarcidos todos os prejuízos causados".

Em causa está a contratação do guarda-redes brasileiro Jhonatan Luiz. Esta terça-feira, o Vitória de Guimarães anunciou a sua contratação, a custo-zero, num contrato válido por quatro temporadas, com uma cláusula de rescisão fixada nos 15 milhões de euros.

Antes do anúncio, o Moreirense tinha também anunciado que acionou uma cláusula de prolongamento do contrato de Jhonatan por mais uma temporada, invalidando uma eventual contratação a custo-zero. Daniel Coracini, empresário de Jhonatan, afirmou, na sucessão da renovação, que o novo contrato com o Moreirense nao era válido, por não ter existido acordo com o jogador.

O Moreirense já reagiu, em comunicado, e deixou fortes críticas à atitude do Vitória de Guimarães: "A notificação recebida causou no Moreirense sentimentos de surpresa e de enorme tristeza. O Moreirense sempre manteve e mantém relações institucionais com o Vitória Sport Clube privilegiadas e cordiais, conforme evidenciam inúmeros acontecimentos históricos".

O emblema de Moreira de Cónegos diz que não reconhece a atitude do Vitória de Guimarães, recorda uma atitude do emblema vitoriano e deixa grandes críticas ao "aliciamento" do Vitória na contratação de Jhonatan.

"O Vitória Sport Clube que o Moreirense conhece e estima é aquele que se associou, nos Paços do Concelho, no dia 30 de Janeiro de 2017 à sua conquista da Taça da Liga e não aquele que alicia jogadores do seu plantel, bem sabendo de antemão das suas condições contratuais, que não hesita em quebrar", disse.

O Moreirense também deixou críticas à Daniel Coracini, empresário de Jhonatan: "O verdadeiro problema, e aquilo que deve envergonhar todos, é que o mesmo empresário que negociou com o Moreirense a cláusula de opção que agora pretende por em causa, mente ao referir influência do Moreirense para que fizesse negócio com o Braga e só com o Braga, sem justificar a ausência de qualquer tipo de contacto prévio por parte do Vitória Sport Clube".

A direção do Moreirense anuncia também que vai "lançar mão de todos os mecanismos ao dispor para acautelar os direitos que nos assistem e ver ressarcidos todos os prejuízos causados".

Jhonatan tem sido um dos destaques da época do Moreirense, que se tem afirmado como uma das surpresas do campeonato: luta pelo quinto lugar, precisamente, com o Vitória de Guimarães. No entanto, a 9 de março, frente ao Marítimo, Jhonatan partiu o braço, o que o afasta da competição para o que falta da época.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.