A+ / A-
Educação

"Professores podem escolher o melhor de dois mundos", diz Brandão Rodrigues

05 abr, 2019 - 14:13 • Manuela Pires

Ministro tem a certeza de que os docentes vão beneficiar com o decreto aprovado em Conselho de Ministros.
A+ / A-

Os professores vão poder optar entre recuperar de uma só vez parte do tempo de serviço que esteve congelado para progredir na carreira ou de uma forma faseada entre 2019 e 2021.

Esta sexta-feira de manhã, durante uma visita à Futurália - Feira de Educação, Formação e Emprego, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), o ministro da Educação disse aos jornalistas que os professores “vão poder escolher o melhor de dois mundos”.

O decreto aprovado ontem em Conselho de Ministros estende às carreiras especiais da função pública um mecanismo semelhante ao que foi aprovado para os professores, dando-lhes assim a possibilidade de optar por esta nova solução.

Tiago Brandão Rodrigues refere que “os docentes podem receber o bolo total" e ressalta que "são os únicos que o podem fazer".

"Aqueles que iriam receber o tempo mais tarde vão poder utilizar a opção do resto das carreiras especiais e comprimir no tempo e receber tudo de uma vez”, explicou o governante. "É uma boa notícia para os professores, que vão ver os dois anos, 9 meses e 18 dias [recuperados] mais cedo”.

Contudo, este não é o tempo reivindicado pelos sindicatos de professores, que continuam a exigir a contagem integral do tempo que esteve congelado, os 9 anos, 4 meses e dois dias.

Questionado pela Renascença sobre a possibilidade de greves que vão afetar o terceiro período do ano curricular em curso, Tiago Brandão Rodrigues lembra que “há uma agenda dos sindicatos, mas o Ministério está atento" e diz acreditar "que estas lutas não vão interferir na educação dos nossos jovens”.

O decreto dos professores que mitiga o tempo de serviço que esteve congelado vai ser discutido a 18 de abril na Assembleia da República por iniciativa do PSD, PCP e Bloco de Esquerda,que pediram a apreciação parlamentar do diploma.

legislativas 2019 promosite
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    05 abr, 2019 aldeia 16:10
    Deveria ser contado todo o tempo e não estas historietas por parte do governo,na altura das eleições mostramos o nosso descontentamento!.......
  • Petervlg
    05 abr, 2019 Trofa 14:34
    Este ministro é uma vergonha, é um autentico p.....