A+ / A-
Moçambique

Santuário de Fátima doa 15 mil euros para apoio às vítimas de ciclone Idai

23 mar, 2019 - 15:15

D. António Marto convidou os fiéis a rezar uma “Avé-Maria a Nossa Senhora pelos estão a sofrer as consequências da catástrofe”.
A+ / A-

O Santuário de Fátima vai enviar um donativo de 15 mil euros para o apoio às vítimas das cheias provocadas pelo ciclone Idai, em Moçambique, através da Cáritas Portuguesa.

"Queria pedir que tivéssemos presente, agora, os nossos irmãos de Moçambique, sobre os quais caiu a tragédia do ciclone Idai, causando mortos, desaparecidos e carenciados", disse D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, no final da missa a que presidiu na manhã deste sábado , na Basílica da Santíssima Trindade.

Citado num comunicado, o prelado disse que o Santuário de Fátima quer manifestar também a sua solidariedade através de uma primeira ajuda, com um donativo de 15 mil euros.

D. António Marto convidou os fiéis a rezar uma “Avé-Maria a Nossa Senhora pelos estão a sofrer as consequências da catástrofe”.

O número de mortos contabilizados por Moçambique, devido ao ciclone Idai, subiu hoje para 417, anunciaram as autoridades.

O número de pessoas afetadas pelo ciclone Idai poderá ultrapassar os três milhões e os recursos necessários para a assistência humanitária são ainda muito insuficientes, referiu hoje Graça Machel, presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade.

A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José Avila
    24 mar, 2019 18:37
    Santuário de Fátima vai doar a Moçambique, através da Caritas,15 mil € (!!!). Esta doação é um escárnio perante as necessidades de sobrevivência que nos chegam através das TV's!... É nestas ocasiões que a Igreja é ou não sinal de Salvação. Neste caso de tanta infelicidade, toda a Igreja portuguesa e açoriana, deveria comprometer-se como o fez com as missões no tempo do colonialismo. OU já se esqueceram que a Fé daquele povo foi-lhe transmitida pelos missionários e fiéis portugueses? Há coisas que não entendo. Quando se propõe a renuncia quaresmal os responsáveis diocesanos e paroquais deveriam mudar o sentido da partilha e orientá-lo para quem mais precisa. A miséria mora ali, ante os nossos olhos. Não fiquemos indiferentes!