A+ / A-

Queda de aeronave faz dois mortos em Bragança

16 mar, 2019 - 18:38 • Redação

A aeronave despenhou-se a poucos quilómetros do Aeródromo de Bragança, vitimando os dois ocupantes, piloto e co-piloto.
A+ / A-

Uma aeronave ultraligeira caiu este sábado, pelas 17h54, perto da aldeia de Varge, a poucos quilómetros do Aeródromo de Bragança, para onde se deslocava. A aeronave, que fazia um voo de recreio, pertence ao Aeroclube de Bragança.

A informação foi adiantada à Renascença pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS).

Há duas vítimas mortais a registar, o piloto e o co-piloto da aeronave: o primeiro, André Bessa, de 29 anos, era piloto da TAP; o segundo, Horácio Sousa, de 60, seria empresário.

Para o local deslocaram-se seis veículos e 15 operacionais dos Bombeiros de Bragança, do INEM e da GNR.

A aeronave tinha sido utilizada pouco tempo antes por outro membro do Aeroclube de Bragança, o piloto Telmo Garcia. À Lusa, este referiu que o voo que fez "correu bem" e que não detetou “nenhum problema” naquela aeronave de dois lugares.

Telmo Garcia contou ainda que “tudo aponta para que tenha sido falha estrutural do aparelho”, visto que “uma asa está a cerca de 150 metros dos outros destroços”.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAFF) adiantou, entretanto, que abrirá uma investigação à queda da aeronave.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.