A+ / A-

João Henriques. “Ainda assustámos"

15 mar, 2019 - 23:14

Os açorianos perderam em Alvalade.
A+ / A-

O treinador do Santa Clara considera justa a vitória do Sporting (1-0), mas lembra que ainda criaram problemas aos leões.

João Henriques falou, em declarações à Sporttv, e lembrou que “não é por acaso que somos uma das equipas que soma mais pontos fora de casa”.

Análise ao jogo

Fizemos aqui um jogo dentro do que tínhamos previsto. O Sporting, naturalmente, teve as despesas do jogo e nós tínhamos de ter atenção à equipa que tem mais pontos em casa no campeonato. A pouco e pouco fomos entrando no jogo mas consentimos um golo na sequência de um erro nosso. Nas oportunidades que tivemos podíamos ter mais felicidade e complicar mais este jogo. Na primeira parte defendemos bem e estivemos organizados, na segunda, com mais bola, mostrámos aquilo que temos feito esta época. Não é por acaso que somos uma das equipas que soma mais pontos fora de casa. O Sporting foi um justo vencedor porque fez um golo. Ainda assustámos uma das equipas mais fortes deste campeonato”.

Santa Clara mudou o sistema durante o jogo

“Foi estratégico, era o plano de jogo. Queríamos controlar mais o Sporting numa primeira fase. Não foi tão bem conseguido como queríamos. Depois queríamos velocidade nos corredores para conseguir colocar a bola na zona de finalização. Depois do golo do Sporting, até ao fim, o Santa Clara esteve quase sempre por cima. Estivemos pertinho do que queríamos. Pelo que fizeram, os jogadores mereciam outro prémio, mas estamos satisfeitos com o que fizemos esta noite.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.