A+ / A-

Morreu o cartoonista Augusto Cid. Revisite alguns dos trabalhos do artista

14 mar, 2019 - 16:03 • Lusa

Um dos mais famosos cartoonistas em Portugal, trabalhou para várias publicações, incluindo Vida Mundial, O Diabo, Grande Reportagem, O Independente e o semanário Sol.
A+ / A-

O cartoonista e escultor Augusto Cid, de 77 anos, morreu esta quinta-feira de manhã em Lisboa.

Augusto Cid destacou-se como cartoonista, tendo trabalhado em vários jornais e revistas, nomeadamente Vida Mundial, O Diabo, Grande Reportagem, O Independente e no semanário Sol, assim como na TVI, sempre com uma perspetiva da atualidade, tendo editado, entre outros títulos, o catálogo "Cid, o Cavaleiro do Cartoon", que acompanhou a exposição homónima.

Como escultor, tem várias obras no país, como a peça de homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001, instalada no cruzamento das avenidas de Roma e Estados Unidos da América, em Lisboa, e a dedicada a Nuno Álvares Pereira, em Lisboa, no Restelo, inaugurada em novembro de 2016, pelo Presidente da República, entre outras individualidades.

O velório de Augusto Cid realiza-se na sexta-feira, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa, onde será rezada missa de corpo presente no sábado, pelas 10h00, seguindo-se o funeral para o cemitério do Alto de São João, onde será realizada a cerimónia de cremação.

Veja aqui alguns dos trabalhos do artista partilhados na sua página pessoal do Facebook.

Um auto-retrato de Augusto Cid, publicado na sua página pessoal do Facebook.
Um cartoon em homenagem a Eusébio da Silva Ferreira, publicado em Janeiro de 2014.
Cartoon publicado em 2012 sobre o encontro entre Angela Merkel e Cavaco Silva.
Lusitano, uma das várias esculturas de cavalos, feitas de bronze pelo artista.
Ilustração publicada por Augusto Cid em 2013 com a legenda: “É aos 70 anos que nos vemos obrigados a dizer adeus a muita coisa…”
Cartoon publicado em 2014, com a legenda: “Homem ao mar…”
Cartoon feito pelo artista, publicado no semanário SOL em 2012.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Pedro
    14 mar, 2019 FCT/UNL Dep Ciências da Terra 17:01
    Para mim, o melhor e mais completo cartoonista português das últimas 5 décadas. Humor imbatível. Uma enorme perda!