|
A+ / A-

​Governo reforça meios aéreos para época de combate aos incêndios

14 mar, 2019 - 10:05 • Redação

Secretário de Estado da Proteção Civil anunciou ainda que vai ser feita uma “alteração estrutural de alguns helicópteros” de modo a aumentar a capacidade de transporte dos aparelhos.

A+ / A-

O secretário de Estado da Proteção Civil anunciou a contratação de mais cinco meios aéreos para o dispositivo de combate a incêndios florestais.

Na Renascença, José Artur Neves revelou que no total estarão disponíveis “61 meios aéreos, incluindo o meio aéreo da Região Autónoma da Madeira”.

O governante anunciou ainda que vai ser feita uma “alteração estrutural de alguns helicópteros” de modo a aumentar a capacidade de transporte dos aparelhos. Pretende-se que os helicópteros passem a levar 12 elementos do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro (GIPS) da GNR para fazer o ataque inicial ao fogo (atualmente são oito).

Também vai finalmente avançar a empresa pública de gestão florestal. o anúncio será feito nos próximos dias e terá sede em Figueiró dos Vinhos.

O secretário de Estado diz que se trata de mais um passo na reforma da floresta “encaminha-nos para uma reforma floresta ordenada e resiliente ao fogo”.

O Governo está também a preparar um novo plano contra incêndios. A revelação foi feita pelo presidente para a Agência para a Gestão Integrada dos Fogos Rurais.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.