RR
|
A+ / A-

SIC lidera audiências na televisão pela primeira vez em mais de 12 anos

01 mar, 2019 - 14:27 • Redação

A margem é de apenas uma décima, o suficiente para a estação de Carnaxide (que acaba de inaugurar novas instalações em Paço de Arcos) destronar a rival de Queluz.

A+ / A-

Desde julho de 2006 que a SIC não era líder nas audiências televisivas. Mas o cenário mudou em fevereiro desde ano, com a estação a alcançar 18,6% de share, uma décima a mais do que a TVI (18,5%).

"O canal manteve a tendência de subida das audiências, que se verifica acentuadamente desde o último trimestre de 2018, quando passou a liderar as tardes dos dias úteis", confirmou a empresa em comunicado divulgado nesta sexta-feira.


A novidade foi festejada nas novas instalações, em Paço de Arcos, com música e espumante e ainda com a participação de Francisco Pinto Balsemão (presidente executivo do grupo Impresa, do qual faz parte a SIC), de Ricardo Costa (diretor-geral de Informação) e por Daniel Oliveira (diretor-geral de entretenimento da Impresa e diretor de programas da SIC).

A RTP1 aparece em terceiro lugar, com 12,1% de share (quota de audiência).

A grande aposta – certamente a que mais deu que falar – foi a contratação de Cristina Ferreira, antiga co-apresentadora da manhã da TVI ao lado de Luís Goucha.

Mas não só. Daniel Oliveira apostou também nas tardes, com “Júlia”, e formatos de “reality shows” de amor, como o “Casados à Primeira Vista” e “O Carro do Amor”, que melhoraram o comportamento da estação no acesso ao ‘prime time’.

No campo da informação, a liderança da estação de Paço de Arcos também se vai estabelecendo, com ganhos sucessivos à hora do almoço e outros durante o jantar.

Segundo alguns órgãos de comunicação social, a conquista da liderança da SIC deu-se nos últimos dias, dado que no início da semana as duas estações estavam empatadas.

Terá sido a transmissão de um jogo do Benfica, na quinta-feira, e o programa especial de Cristina Ferreira, no domingo, que levaram ao desempate.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 01 mar, 2019 16:13
    Quem e que fez as contas a isto?