A+ / A-

Quaresma 2019. Bispo de Viseu pede “seriedade” na preparação para a Páscoa

01 mar, 2019 - 13:21 • Ecclesia

Comunidades católicas vão ajudar população da Venezuela e reforçar Fundo de Emergência Social.
A+ / A-

O bispo de Viseu desafiou os católicos da diocese a viver com “seriedade” o tempo de preparação para a Páscoa, com um “esforço de conversão, de penitência, de oração e jejum”.

“Vivamos todos com muita fé e seriedade este tempo de renovação humana, moral e espiritual que Deus pede a todos os cristãos. Que a mensagem do Papa Francisco nos inspire a fazer este caminho de graça”, escreve D. António Luciano, na sua mensagem para a Quaresma 2019.

O responsável anuncia que a renúncia quaresmal dos cristãos desta Diocese, “como decidido no último Conselho Presbiteral”, se destina em 2019 aos “irmãos sofredores da Venezuela”, através da Cáritas desse país, e ao Fundo de Emergência Social da Igreja Católica em Viseu.

A menos de uma semana da celebração de Quarta-Feira de Cinzas, assinala D. António Luciano, a Igreja prepara-se para iniciar com fé o caminho quaresmal, tempo favorável à conversão, tempo de graça e salvação”.

A Quaresma é um tempo de 40 dias que tem início com a celebração de Cinzas, marcado por apelos ao jejum, partilha e penitência, que serve de preparação para a Páscoa, a principal festa do calendário cristão, este ano dia 21 de abril.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.