A+ / A-
Quaresma

Bispo de Bragança-Miranda sugere “terapias” para a Páscoa

28 fev, 2019 - 10:01 • Olímpia Mairos

A renúncia quaresmal terá como destino a diocese do Sumbe, em Angola, e o seminário diocesano de Bragança-Miranda.
A+ / A-

O bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, sugere aos fiéis, na sua mensagem de Quaresma, algumas “terapias para a Páscoa da Cruz à Luz”.

De entre as terapias, destacam-se “a esmola, o jejum, o silêncio, a Lectio Divina, as '24 horas para o Senhor', a 29 e 30 de março, além da participação na eucaristia, a penitência e a oração”, exemplifica o prelado.

D. José Cordeiro afirma que “Jesus Cristo é o autêntico dom da esperança e o grande mistério da Luz, que dissipa as trevas de todo o mundo” e lembra que a diocese está a viver o ano litúrgico e pastoral dedicado ao sacramento da confirmação.

O bispo de Bragança-Miranda aponta “as palavras do cego de nascença que Jesus curou: ‘O Senhor ungiu os meus olhos’ como guia” neste itinerário quaresmal “para podermos responder à pergunta: porque Jesus é o Salvador?”

“A cura do jovem cego de nascença, que não pertencia a ninguém, testemunha o caminho da iniciação cristã, passando a pertencer a Cristo, a si mesmo e aos outros. Esta narrativa do encontro de Jesus com este mendigo da luz evoca todo o seguimento batismal com o crisma e a eucaristia”, esclarece o bispo diocesano.

Na sua mensagem de quaresma, o prelado contempla de um modo especial os adolescentes e jovens, a quem incentiva a serem peregrinos da Luz na Lectio Divina.

“Com os adolescentes e os jovens, que como disse o Papa Francisco, na JMJ do Panamá, ‘sois o agora de Deus', Ele convoca-vos, chama-vos nas vossas comunidades, chama-vos nas vossas cidades, para irdes à procura dos avós, dos adultos; para vos erguerdes de pé e, juntamente com eles, tomar a palavra e realizar o sonho que o Senhor sonhou para vós’, continuamos a peregrinação da Luz na Lectio Divina”, escreve D. José Cordeiro.

A “leitura orante e a adoração eucarística” tem lugar em cada segunda-feira, no Santuário de Nossa Senhora das Graças, em Bragança, sob a coordenação do Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil Vocacional.

“Iluminados na Luz da Luz, seguiremos este caminho missionário: O Senhor ungiu os meus olhos; Deles é o reino dos Céus; Sobre Ele repousará o Espírito do Senhor; Recebereis a força do Espírito Santo, que descerá sobre vós e sereis minhas testemunhas, Se vivemos pelo Espírito, caminhemos também segundo o Espírito”, indica o bispo transmontano.

A esmola, como sinal da “Renúncia Quaresmal”, informa D. José “terá dois destinos: a abertura de poços de água em algumas Paróquias e a instalação dos estúdios da Rádio Ecclesia na Diocese do Sumbe, Angola; o Seminário, casa pastoral aberta a todos, da nossa Diocese de Bragança-Miranda”.

“O ofertório da renúncia quaresmal será coligido em todas as celebrações litúrgicas do Domingo de Ramos na Paixão do Senhor, ou noutro dia mais indicado, a juízo dos reverendíssimos párocos”, acrescenta.

O bispo de Bragança-Miranda conclui a sua mensagem afirmando que “este é o tempo que nos chama a sermos autênticos discípulos missionários em comunhão. Este é o tempo para uma séria conversão espiritual, pastoral e missionária de todos e de cada um de nós. Cada um de nós é uma missão”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.