A+ / A-

Reunião de balanço da cimeira sobre abusos marcada para segunda-feira

20 fev, 2019 - 14:35 • Aura Miguel , Filipe d'Avillez

A cimeira dos bispos sobre os abusos sexuais na Igreja termina no domingo e, logo no dia seguinte, haverá uma reunião com os dicastérios ligados ao assunto, para se inteirarem das conclusões.
A+ / A-

Veja também


A cimeira sobre os abusos sexuais na Igreja, que decorre entre quinta-feira e domingo, será seguida de imediato na segunda-feira por uma reunião que envolverá os vários departamentos do Vaticano que lidam com o assunto.

Num briefing feito esta quarta-feira ao início da tarde o diretor da sala de imprensa da Santa Sé explicou que tinha sido decidido fazer uma reunião entre o comité organizador da cimeira e todos os dicastérios interessados.

Questionado, Alessandro Gisotti não soube dar mais detalhes sobre o assunto, nem especificar quais os dicastérios que estariam envolvidos ou a duração prevista para a reunião.

Esta é a primeira indicação de uma medida concreta a ser tomada depois desta cimeira, cujo o objetivo, segundo disse o Papa no regresso a Roma depois da Jornada Mundial da Juventude, no Panamá, é principalmente munir os bispos de todo o mundo das melhores práticas e das normas existentes para lidar com estes casos.

Estão presentes em Roma todos os presidentes das conferências episcopais do mundo, mais alguns outros bispos, representantes de congregações religiosas e cardeais da curia romana, para um total de 190 participantes.

O cardeal D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa, está em representação da Conferência Episcopal Portuguesa.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.