A+ / A-

PJ recupera réplica da "Roda da Vida", escultura no túmulo de D. Pedro I

14 fev, 2019 - 11:25 • Celso Paiva Sol , Cristina Nascimento

Obra de arte com mais de um século tinha sido roubada há 14 anos pelo então gestor do Mosteiro de Alcobaça.
A+ / A-

A Polícia Judiciária anuncia que recuperou uma escultura que, em 2005, tinha sido roubada de um museu gerido pelo Mosteiro de Alcobaça. Trata-se de uma obra de arte centenária (1907), réplica da "Roda da Vida", embutida no túmulo de D. Pedro I.

"A peça agora recuperada, que se descreve como sendo uma escultura em gesso que reproduz a “Roda da Vida” que se encontra na cabeceira do túmulo de D. Pedro I, produzida pelo escultor António Augusto da Costa Motta, havia sido subtraída por volta do ano de 2005 de um museu gerido pelo Mosteiro de Alcobaça, situado nesta cidade", lê-se no comunicado.

Ao que a Renascença apurou junto de fonte da Judiciária, o suspeito do roubo era o gestor do Mosteiro de Alcobaça, à data dos acontecimentos.

De acordo com a Judiciária, a peça já foi "devolvida à origem e já se encontra à guarda do Mosteiro de Alcobaça".

A "Roda da Vida", no túmulo de D. Pedro I, no Mosteiro de Alcobaça.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.