A+ / A-

​Missão "Opportunity" da NASA em Marte chega ao fim

13 fev, 2019 - 20:46 • Lusa

Agência espacial norte-americana perdeu o contato com a sonda, ao fim de 15 anos em solo marciano.
A+ / A-
​Missão "Opportunity" da NASA em Marte chega ao fim
Recorde a missão "Opportunity"

A agência espacial norte-americana NASA deu esta quarta-feira por terminada a missão do veículo robotizado "Opportunity" em Marte, que permitiu aos cientistas concluírem que o planeta terá tido no passado água como a Terra.

A 'morte' do "Opportunity", ao fim de 15 anos em solo marciano, foi anunciada em comunicado e depois de a NASA ter esgotado todas as tentativas, a última das quais na terça-feira, para restabelecer as comunicações com o veículo.

O Opportunity deixou de comunicar com a Terra em 10 de junho de 2018, depois de ter sido atingido por uma grande tempestade de poeira.

A NASA destaca como feitos da missão, que tinha como meta a exploração da superfície de Marte, a descoberta de hematite - um mineral que se forma na água - no local onde o veículo robotizado aterrou, a região plana Meridiani Planum, e vestígios de que numa das suas crateras, a "Endeavour", terá havido no passado água líquida em proporções semelhantes às de uma lagoa ou um lago da Terra.

Apesar de Marte ser esta quarta-feira um planeta inóspito, os cientistas defendem que o planeta terá tido água líquida e condições favoráveis para albergar a vida tal como se conhece.

Atualmente, a NASA tem duas missões robóticas em Marte - a Curiosity e a InSight - e prepara-se para lançar, em julho de 2020, uma outra, a Mars 2020, que irá à procura, juntamente com a missão europeia ExoMars, de sinais de vida microbiana passada no planeta.

O veículo robotizado Curiosity está a explorar a superfície marciana, em particular a cratera Gale, há mais de seis anos, enquanto a sonda InSight, que chegou a Marte em 26 de novembro de 2018, vai estudar o interior do planeta.


guialiga19_20_banner
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.