A+ / A-

Emiliano Sala morreu de lesões na cabeça e no tronco

11 fev, 2019 - 21:02 • Redação

Autópsia revela causa de morte do avançado argentino, cujo avião caiu quando fazia viagem de Nantes para Cardiff.
A+ / A-

A autópsia de Emiliano Sala revelou, esta segunda-feira, que o avançado argentino morreu devido a lesões sofridas na cabeça e no tronco, aquando da queda do avião que o transportava de Nantes, em França, para Cardiff, no País de Gales, a 21 de janeiro.

A informação foi disponibilizada pelas autoridades legistas de Bournemouth, no sul de Inglaterra. O corpo de Sala foi identificado na passada sexta-feira, um dia depois de ter sido resgatado do fundo do Canal da Mancha, a 67 metros de profundidade, onde fora encontrado entre os destroços do avião. Sobre o paradeiro piloto do avião, David Ibbotson, ainda não há quaisquer informações.

Sala, de 28 anos, tinha ido a Nantes despedir-se dos companheiros, depois de ter sido comprado pelo Cardiff, por 17 milhões de euros. Na viagem de regresso ao Reino Unido, onde o jogador iria cumprir o primeiro treino pela nova equipa no dia seguinte, o avião em que seguia desapareceu dos radares e caiu ao mar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.