A+ / A-

​Quem quer o todo-o-terreno do ditador Nicolae Ceausescu?

01 fev, 2019 - 18:37 • José Carlos Silva

O carro, que foi apreendido a um empresário condenado a 12 anos de prisão, foi a leilão dia 31 de janeiro mas ninguém o arrematou.
A+ / A-

O carro é um ARO, um veículo todo-o-terreno, muito semelhante ao Portaro, que de resto foi uma marca portuguesa que montava em Portugal as viaturas Romenas. Daí a mistura de Port (Portugal) com Aro (a marca Romena).

O famoso Aro de Nicolae Ceausescu apresenta um banco corrido à frente, para três pessoas, com uma antepara para um espaço onde há um pequeno bar, dois lugares laterais, e ao fundo um banco corrido de janela a janela.

O veículo, produzido em 1977, foi utilizado em diversas cerimónias oficiais e em paradas. Tem 77 mil quilómetros.

Ninguém quis pagar os 30 mil euros pedidos pelo carro do infame ditador romeno, que foi deposto e executado em 1989, na sequência de uma revolta popular.

O ARO voltará à praça em data oportuna por um valor base de 22,5 mil euros.

Está atualmente na posse da Agência Nacional de Administração Fiscal da Roménia, depois de ter sido apreendido a Ovidiu Tender, um empresário que em 2015 foi condenado a uma pena de 12 anos por fraude e lavagem de dinheiro.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.