A+ / A-

Luís Neto em exames médicos para assinar pelo Sporting

29 jan, 2019 - 16:58 • Redação

O central internacional português está em final de contrato com o Zenit, pelo que já pode comprometer-se com o Sporting para a próxima época. Neto será reforço dos leões a custo zero.
A+ / A-

Luís Neto está em Lisboa para realizar exames médicos, para assinar pelo Sporting, ao que Bola Branca apurou. O central português, que atualmente representa o Zenit São Petersburgo, prepara a transferência, a custo zero, para Alvalade, a concretizar na próxima época.

Bola Branca sabe que Luís Neto interrompeu o estágio com o Zenit no Catar, para viajar para Lisboa, realizar exames médicos e, se os completar com sucesso, assinar. Depois, regressará ao Médio Oriente.

O central internacional português, de 30 anos, termina contrato com o Zenit no final da presente temporada, pelo que, a partir de junho, será um jogador livre. A lei dita que, a partir do momento em que um jogador está a seis meses de terminar contrato, pode começar a negociar com novo clube para a época seguinte, para ser reforço a custo zero.

Luís Neto representou o Varzim, da sua cidade natal, até 2010/2011, quando rumou ao Nacional. Ficou apenas uma época na Madeira e saiu para o Siena. Também em Itália a passagem foi curta: seis meses depois, o Zenit adquiriu o central por 6,5 milhões de euros. Neto está no Zenit há seis anos, percurso interrompido por um empréstimo de meia época ao Fenerbahçe, em 2017/18. Esta temporada, tem sido titular indiscutível.

Luís Neto é defesa-central, mede 1,85 metros e tem larga experiência no estrangeiro e na seleção. O defesa do Zenit tem 19 internacionalizações por Portugal, sendo presença assídua nas convocatórias nacionais.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.