A+ / A-

PSP abre processos disciplinares contra agentes que tenham comportamento racista

23 jan, 2019 - 22:25

Páginas alegadamente de agentes da autoridade deixam acusações a várias pessoas.
A+ / A-

A Polícia de Segurança Pública (PSP) vai abrir processos disciplinares, e comunicá-los ao Ministério Público, a todos os agentes que tenham "comportamentos violadores da lei, de natureza racista, ou de discurso de ódio e incitadores à violência" no Facebook.

A informação é confirmada pela revista “Sábado” que cita fonte oficial da PSP.

"A PSP promoverá as ações de natureza disciplinar e de comunicação ao Ministério Público, dos comportamentos que sejam comprovadamente praticados pelos seus elementos e que sejam violadores da Lei e dos normativos da PSP", refere fonte da polícia à revista.

O site Polígrafo tinha adiantado que "largas dezenas de agentes da PSP" fizeram publicações com discurso de ódio e incitamento à violência em páginas alegadamente de agentes da polícia.

À "Sábado", a PSP sublinhou que "já denunciou oficialmente estas páginas - através da pagina oficial da PSP – à administração do Facebook, classificando-as de 'incitadoras ao ódio/violência' e sugerindo que devem ser banidas da rede".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.