A+ / A-

​Kia Proceed – A shooting-brake coreana

21 jan, 2019 - 19:19 • José Carlos Silva

Já está à venda a mais recente aposta da Kia, que a Renascença testou em Cascais
A+ / A-

Uma opção original para quem quer uma carrinha mas quer transmitir um ar jovem, ou ser encarado como mais do que um chefe de família. Ou para quem quer um carro de traços desportivos, mas espaçoso, confortável e consoante o motor, um carro com alma.

O Kia Proceed é uma Shooting-brake, que tem uma altura ao solo reduzida, que apresenta um tejadilho inclinado, e um aileron traseiro de dimensões generosas mas ainda assim perfeitamente integrado no conjunto da carroçaria.

Tal como os vidros laterais, com um recorte a assemelhar-se a uma barbatana de tubarão

Na traseira, há uma interessante assinatura luminosa a sublinhar uma lateral traseira que faz lembrar o design de um prestigiado construtor de Estugarda na Alemanha. Traseira complementada com um agressivo difusor traseiro, onde surgem duas esguias ponteiras de escape.

A marca coreana diz que produziu este carro, tendo em conta as críticas da imprensa a outros modelos da Kia. O “feeling” de condução, por exemplo, foi refinado, com uma suspensão rebaixada, uma afinação de molas e amortecedores, um “retoque” no controlo de estabilidade que passa a ser mais permissivo.

A bordo, o espaço é generoso, mesmo para pessoas de estatura mais elevada o banco traseiro acolhe-os com espaço sem que a cabeça toque no teto. A bagageira é muito espaçosa, uma referência entre as Shooting-brake, espaço que se amplia em profundidade por baixo do tapete.

É um carro confortável de conduzir, assertivo no ataque ás curvas, estável.

Veja aqui o video da Kia sobre o Proceed:

Kia Proceed – A shooting-brake coreana
Kia Proceed – A shooting-brake coreana

Experimentámos duas motorizações a gasolina num primeiro ensaio no Guincho em Cascais. O Kia Proceed 1.0 com 120 cavalos e um preço de arranque de 25.090€, e o 1.6 de 204 cavalos e 32.290€.

Há uma versão 1.4 e uma outra, a diesel, 1.6 de 136 cavalos, esta comercializada por 29.840€.

A bordo o conforto é pleno, com bancos e volante desportivo, um ecrã de 8 polegadas, e materiais de muito razoável qualidade. Para a marca que não é “Premium”, mas não quer ser apenas “Mainstream”, está no bom caminho.


guialiga19_20_banner
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.