A+ / A-

May dramatiza discurso na véspera da votação sobre o Brexit

14 jan, 2019 - 09:11

Primeira-ministra britânica teme que o parlamento esteja mais próximo de bloquear a saída do Reino Unido da União Europeia do que autorizar o Brexit sem um acordo.
A+ / A-

A primeira-ministra britânica vai dramatizar, esta segunda-feira, o discurso, alertando para o facto de o Parlamento estar mais próximo de bloquear a saída do Reino Unido da União Europeia do que autorizar o Brexit sem um acordo.

Na véspera da votação decisiva no parlamento, a imprensa inglesa assegura que Theresa May entende que um desfecho daquele tipo iria causar um dano catastrófico na confiança dos cidadãos.

A oposição trabalhistas já fez saber que avança com um voto de desconfiança em caso de derrota de May na votação agendada para terça-feira.

O líder do partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, já anunciou que o seu partido votará contra o acordo e prepara já medidas para desencadear eleições.
"Vamos apresentar uma moção de desconfiança no governo no momento que quisermos, mas será em breve", disse à BBC.

Entretanto, o jornal britânico “The Guardian” avança que a União Europeia está a preparar um adiamento do Brexit - de29 de março para Julho. O objetivo é dar tempo à primeira-ministra, para concluir um acordo no parlamento de Londres.

Segundo o diário, Bruxelas estará a aguardar um pedido de Londres para uma extensão técnica do Brexit.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.