A+ / A-
Rio Ave

Daniel Ramos: "Podíamos e devíamos ter vencido"

13 jan, 2019 - 22:06 • Redação

O treinador do Rio Ave considera o empate com o V. Setúbal injusto e critica o árbitro pela expulsão de Matheus Reis.
A+ / A-

O treinador do Rio Ave, Daniel Ramos, lamentou o empate concedido diante do Vitória de Setúbal, a um golo. O treinador também criticou o trabalho de arbitragem - o Rio Ave jogou mais de meia hora com dez.

Em declarações à Sport TV, o técnico vilacondense sublinhou que o Rio Ave "podia e devia ter vencido" o jogo, pelo que fez em campo:

"Controlámos a primeira parte, fizemos o golo e gerimos bem o jogo. Não concedemos nenhuma oportunidade. A segunda parte, pelo nosso desperdício, não reflete no resultado final. Tivemos oportunidade de matar o jogo. O desfecho final parece-me injusto, pela forma como a equipa, mesmo na adversidade, conseguiu a prestação que teve."

Daniel Ramos criticou o árbitro da partida pela expulsão de Matheus Reis, por duas faltas que considera serem "normais no futebol".

"O Galeno sofreu, só na primeira parte, umas dez faltas, várias delas para amarelo e algumas a roçar o cartão vermelho. E quem terminou com dez foi o Rio Ave. As pessoas responsáveis devem estar atentas ao que se está a passar no futebol português. Fizemos as faltas com menos agressividade e terminámos em inferioridade numérica", apontou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.