A+ / A-
I Liga

Primeira volta fecha com empate entre Rio Ave e V. Setúbal

13 jan, 2019 - 21:49 • Redação

Os vilacondenses jogaram em inferioridade numérica durante mais de meia hora e o Vitória aproveitou para empatar.
A+ / A-

Rio Ave e Vitória de Setúbal empataram a um golo, este domingo, no jogo que fechou a jornada 17 e a primeira volta do campeonato. Os vilacondenses jogaram com dez durante mais de meia hora.

O Rio Ave dominou e teve as melhores oportunidades da primeira parte, pelo que foi natural ver a formação vilacondense chegar ao golo. E que golo. Wanderson Galeno, emprestado pelo FC Porto, bateu um livre direto de forma exímia e deu a vantagem à equipa de Daniel Ramos.

A segunda parte foi quase toda do Vitória de Setúbal. Logo a abrir, Léo Jardim foi obrigado a duas grandes defesas, a segunda a um remate de calcanhar de Jhonder Cádiz. O Rio Ave golpeava no contra-ataque e, aos 59 minutos, Carlos Vinícius esteve muito perto do golo. Logo de seguida, Jardim voltou a brilhar, novamente perante Jhonder, desta feita ao evitar que um poderoso cabeceamento à queima-roupa desse golo.

Ao minutos 62, a missão do Rio Ave complicou-se. Matheus Reis pisou Éber Bessa e viu o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho. Apesar da inferioridade numérica, foi o Rio Ave a ter a próxima grande oportunidade - Carlos Vinícius falhou o segundo na cara de Cristiano.

Seguiu-se um período com muitas paragens e faltas a meio-campo, até que, aos 84 minutos, o Vitória teve prémio para a sua determinação. Erro crasso de Buatu, que fez um atraso disparatado para Léo Jardim. Hildeberto intercetou, driblou o guarda-redes e atirou para a baliza vazia, colocando ponto final na série dos sadinos de cinco jogos sem marcar.

Ao minuto 88, Léo Jardim respondeu com uma defesa fantástica a um livre direto de Éber BEssa e, três minutos depois, Galeno deixou todos para trás, mas o último passe, já em desequilíbrio, não saiu bem. Já ao quarto minuto de compensação, Cascardo desmarcou Jhonder, que cruzou para o desvio de Valdu Té, mas Nadjack conseguiu perturbar a ação do avançado e forçá-lo a falhar o golo à boca da baliza.

Crescem as séries de jogos sem vencer de Rio Ave e V. Setúbal. Os vilacondenses aumentam o número para nove e os vitorianos para oito. Contudo, ambas as equipas sobem na tabela classificativa. O Rio Ave está na décima posição, com 20 pontos. O Vitória passa a 11.º, com 19.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.