A+ / A-

Elisabete Jacinto vence o África Eco Race

13 jan, 2019 - 16:10 • Redação

Ao volante de um MAN, a piloto portuguesa garantiu o triunfo na Mauritânia ao terminar a 11.ª etapa na segunda posição.
A+ / A-

Elisabete Jacinto venceu pela primeira vez o África Eco Race, prova de todo-o-terreno de camiões na Mauritânia. Ao volante de um MAN, a piloto portuguesa garantiu o triunfo ao terminar a 11.ª etapa em segundo.

A equipa de Elisabete Jacinto, que conta com José Marques e Marco Cochinho, cumpriu o percurso de 217,69 quilómetros da última especial e 2:02.09 horas, a 1.49 minutos do vencedor, o checo Tomas Tomecek.

Cumprida a derradeira etapa Elisabete Jacinto venceu a prova com 2:42.00 horas de vantagem sobre o segundo classificado, o belga Noel Essers. A última etapa, já no Senegal, não conta para a classificação.

"Hoje correu tudo bem. Apesar de ainda termos feito algumas travessias de dunas, logo nos primeiros quilómetros, a especial era curta e muito rápida. Não tivemos problemas a assinalar e conseguimos imprimir um bom andamento. Alcançámos o segundo lugar nesta especial, que é muito positivo, e estamos verdadeiramente felizes com a nossa prestação neste África Race", realçou a piloto lusa, em comunicado.

Na classificação conjunta automóveis/camiões, Elisabete Jacinto foi sétima na tirada, assegurando a quinta posição da geral.

Elisabete Jacinto junta a vitória no África Eco Race, nos T4 (camiões) aos triunfos que já tinha em provas como o Rali de Marrocos e o Rali da Tunísia. No África Eco Race, tinha ficado em segundo em 2011 e 2012.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 13 jan, 2019 16:47
    Grande elisabete jacinto"e no combate que se consegue la chegar! Pinto balsemao devia perceber isso"paula teixeira da cruz tambem e uma mulher de combate!