A+ / A-

Empate do FC Porto em Alvalade teve "sabor amargo" para Sérgio

12 jan, 2019 - 17:54 • Redação

Treinador portista também não gostou de ver a série de 18 vitórias consecutivas da sua equipa interrompida. Conceição considera que o Porto seria o justo vencedor do clássico.
A+ / A-

Sérgio Conceição era um homem insatisfeito, após o empate do FC Porto no terreno do Sporting. O treinador dos dragões salientou que a sua equipa queria e merecia ter levado os três pontos de Alvalade.

Em declarações à Sport TV, após a partida deste sábado, Sérgio salientou que o Porto "queria ganhar o jogo" e que era para esse resultado que se tinha preparado, "como nos 18 jogos anteriores".

O treinador portista ficou com um "sabor amargo" na boca, ao ver a série de 18 vitórias consecutivas interrompida, num jogo "não muito bem jogado", até por sentir que os dragões são "mais fortes" que o rival.

"A primeira parte foi equilibrada, sem ocasiões de golo. Podíamos e devíamos ter tido mais paciência com bola. A segunda parte foi diferente. Tivemos duas ocasiões claras de golo, as melhores do jogo. O Sporting conseguiu criar algum 'frisson', mas nada de especial. A haver um vencedor, seríamos nós", declarou o técnico portista.

Sérgio reconheceu que não esperava um Sporting tão sólido a nível defensivo, o que confundiu a sua equipa. "Na segunda parte conseguimos perceber o que devíamos fazer e se tivéssemos definido melhor podíamos ter marcado e ter saído daqui com os três pontos. Sentimos que somos mais fortes e queríamos muito ganhar, mas às vezes não se consegue. Há jogos assim", assumiu.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.